(11) 4675-5110

A Adicção

Originária do latim “addictu”, que significa “escravo”, “submisso”, adicção é uma palavra de uso corrente entre os pacientes e profissionais da área. A adicção pode se desenvolver para alimentos, jogo, leitura, sexo e drogas. Neste caso, é sinônimo de dependência química (inclusive dependência de álcool).

A dependência química está classificada entre os transtornos psiquiátricos, sendo considerada uma doença crônica que pode ser tratada e controlada simultaneamente como doença e como problema social, (OMS, 2001). Por se tratar de uma doença crônica leva a pessoa a uma progressiva mudança de comportamento, gerando uma adaptação a doença, a fim de proteger o uso da droga. Ainda na concepção da dependência química como doença, ela é caracterizada como progressiva, incurável, mas tratável, apesar de problemas significativos para o dependente. É uma doença de evolução própria, que pode levar à insanidade, prisão, morte ou ao tratamento.